Crescer é um processo longo, doloroso e irreversível. O mundo adulto é cheio de responsabilidades que ninguém quer ter. Por conta disso, todos temos um pouquinho de Peter Pan, o menino que vivia na Terra do Nunca e não queria ficar grande. Mas existem problemas extremos de medo incontrolável de envelhecer. Esses casos são classificados como gerascofobia.

Um estudo, realizado pela Universidade do México, acompanhou o caso de um garoto gerascofóbico de 14 anos. Segundo os autores, o menino come muito pouco porque sabe que os alimentos ajudam em seu desenvolvimento, anda curvado para esconder o tamanho e afina a voz para parecer mais infantil. Além disso demonstra uma preocupação anormal quando alguém diz que ele está crescendo ou ficando mais velho.

O estudo revela que a doença começou a se manifestar há cerca de dois anos, e que um abuso sexual quando o menino era mais novo agravou o caso. Felizmente, o garoto está apresentando melhora através do tratamento com remédios e acompanhamento psiquiátrico.

O medo de se tornar adulto é algo comum durante a adolescência, afinal, deixar a Terra do Nunca não é tão fácil quanto parece. Mas devemos ficar atentos para identificar a diferença entre um simples medo e uma fobia – doenças mentais são bem difíceis de serem diagnosticadas.

Posts relacionados: