TAG Archive

Irritabilidade e falta de ar podem ser sinais de transtorno de ansiedade

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Mulheres são as principais vítimas do problema  Diante de situações que podem provocar dúvida, medo ou expectativa é ansiedade é uma reação normal dos seres humanos. O problema acontece quando a ansiedade se torna um problema grave de saúde: a TAG (transtorno da ansiedade generalizada). De acordo

Copiloto da aeronave, que teria derrubado o avião deliberadamente, sofria transtorno de ansiedade generalizada (TAG), segundo jornal francês

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Áudios captados pela primeira caixa-preta recuperada dos destroços do avião da Germanwings indicam o desespero do piloto da aeronave ao ser impedido de retornar à cabine de comando. O capitão implora, aos berros, ao copiloto Andreas Lubitz que “abra a maldita porta” “pelo amor de Deus”. Segundo

No Divã do Gikovate: É possível reverter um estado de ansiedade generalizada?

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
No dia 12 de fevereiro de 2014, o assunto da coluna “No Divã do Gikovate” da rádio CBN foi ‘É possível reverter um estado de ansiedade generalizada?’. Ouça o comentário: Ou acesse o site para ouvir o comentário do Dr. Flávio Gikovate na íntegra. Sobre Gikovate Médico-psiquiatra, psicoterapeuta, conferencista e escritor.

No Divã do Gikovate: ‘Sempre tive medo de perder meu filho e não quero deixá-lo sair sozinho’

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
No dia 15 de dezembro, o assunto da coluna “No Divã do Gikovate” da rádio CBN foi ‘Sempre tive medo de perder meu filho de 17 anos e não quero deixá-lo sair sozinho’. Ouça o comentário: Ou acesse o site para ouvir o comentário do Dr. Flávio Gikovate na íntegra. Sobre Gikovate

88% das mulheres sofrem de ansiedade. Veja como tratar!

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Segundo a pesquisa, os sintomas mais comuns – de pessoas com alto nível de estresse – são dores de cabeça e musculares, além de distúrbios no sono e problemas gastrointestinais   Mulheres costumam ser mais ansiosas do que os homens. É o que afirma um estudo realizado

Super: Como vencer seus medos

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Estudos comprovam: sentimos dez vezes mais medo do que nossos pais. O mundo está mergulhado nele. Saiba como chegamos a esse ponto – e o que fazer para se libertar por Eduardo Szklarz   Você acorda, escova os dentes, se veste, sai para a rua. Pode ser

Preocupação em excesso pode provocar ansiedade no ser humano

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Preocupações, tensões ou medos em excesso podem causar ansiedade no ser humano. Dependendo das circunstâncias ou intensidade, a ansiedade pode se tornar um fenômeno patológico, isto é, prejudicial ao nosso funcionamento psíquico (mental) e somático (corporal). A ansiedade, normalmente, estimula o indivíduo a entrar em ação, porém,