labiras.jpg.300x250_q85_crop_detailO Laboratory of Intelligent Robotic, Automation and Systems (Labiras) irá apresentar, na manhã desta quarta (29), no Programa Encontro, veiculado na Rede Globo. Na oportunidade, os estudantes apresentarão os óculos de realidade virtual, Oculus Rift, equipamento este que simula um estado que podem provocar situações através de cenários que permitem a imersão do usuário nesta realidade.

Para o estudante Alexandre Tolstenko, estudante de pós-graduação e pesquisador do Labiras, apresentar o Oculus Rift em rede nacional é uma grande oportunidade para o laboratório. “Nós vamos divulgar uma alternativa de tratamento de fobias com realidade virtual, no Programa Encontro vamos simular a fobia a alturas”, conta.

O Labiras trabalha nas áreas de computação, engenharia mecânica e eletrônica, com o objetivo de solucionar problemas reais, tais como deficiência física, dificuldades de ensino, dificuldades de locomoção, entretenimento, entre outros. O Oculus Rift foi desenvolvido por alunos do Instituto Federal do Piauí (IFPI), mas além destes o laboratório desenvolve os seguintes produtos: Luva Ultrassônica, Bengala Eletrônica, Estacionamento Inteligente, dentre outros.

Ainda de acordo com Alexandre Tolstenko, “o Labiras vem trabalhando soluções que melhorem a vida das pessoas, envolvendo dentre outras coisas um baixo custo. Assim, o laboratório desenvolve Luva Ultrassônica, Bengala Eletrônica e Estacionamento Inteligente”, afirma.

O laboratório multidisciplinar composto por professores e alunos dos níveis de graduação, pós-graduação, ensino técnico e ensino médio. Entre eles estudantes da Universidade Estadual do Piauí (Uespi). O Labiras possui ainda parcerias com empresas do ramo de tecnologia do Estado do Piauí, instituições acadêmicas nacionais e internacionais, como por exemplo Red River College, no Canadá.

 

(Fonte: Capital Teresina)

Posts relacionados: