Raiva e ansiedade aumentam a chance de um enfarte, revela estudo

Fila, família, trânsito e trabalho. Situações cotidianas estressantes são suficientes para elevar a pressão arterial de qualquer indivíduo. Neste contexto uma pesquisa divulgada por especialistas da Universidade de Sidney, na Austrália, revelou que as crises de raiva aumentam o risco de um indivíduo ter um ataque cardíaco em até oito vezes se comparado a uma pessoa com o temperamento calmo. Para aqueles que são extremamente ansiosos, o risco é de nove vezes maior apenas na primeira hora. As informações são do The Daily Mail.

260290B200000578-2965523-image-m-126_1424712775647-450x314

Para concluir os estudos, os pesquisadores estudaram casos de pacientes que sofreram ataques cardíacos e estavam internados em hospitais. Todos afirmaram que passaram por um período de raiva ou ansiedade antes de ter o mal súbito. Os resultados confirmaram pesquisas anteriores e deram indícios de que a raiva pode provocar ataques cardíacos e derrames.

Ao publicar o estudo os especialistas responsáveis esperam abrir o caminho para os médicos receitarem remédios que reduzem a ansiedade e o estresse para pacientes com risco de sofrer enfartes.

2602891D00000578-2965523-image-a-118_1424712717710-450x300

De acordo com dados do estudo, o aumento do risco de um ataque cardíaco após um ataque de raiva ou ansiedade é provavelmente o resultado de um aumento da frequência cardíaca e da pressão arterial, um reforço dos vasos sanguíneos e o aumento da coagulação, todos associados com o desencadeamento de ataques cardíacos.

O estudo foi concluído a partir da análise do caso de 313 pacientes.

(Via Catraca Livre | Leia a matéria na íntegra.)

Posts relacionados:

%d blogueiros gostam disto: