Malaysia.airlines.b747-400.9m-mph.arp

 

Psicólogo especializado em ansiedade e síndrome do pânico alerta para aumento nos casos

 Com a notícia do sumiço do voo da Malásia, acontecimento ainda sem explicação, a sensação de medo e insegurança, principalmente para aqueles que têm receio de voar de avião, se torna mais potencializada no nosso cérebro, gerando um estado de preocupação fóbico e aumentando a ansiedade e o nervosismo dos que farão viagens em breve.

Segundo Alexandre Bez, psicólogo especializado em Ansiedade e Síndrome do Pânico pela Universidade de Miami, quando se fala em viagens aéreas, não podemos desconsiderar o fator psicológico de cada consumidor. “Os pilotos e comissários têm que estar em um equilíbrio constante. Já os passageiros se forem pessoas mais ansiosas, com transtornos de ansiedade e com fobias específicas tendem a sofrer mais, pela atuação do conflito em seus aparelhos psicoemocionais. Situações de desespero podem se manifestar quando há o pensamento: tenho que voar semana que vem, por exemplo”, explica Bez.

Confira aqui algumas dicas do psicólogo para serem aplicadas antes e durante os voos:

1- Comunique o comissário que você tem crises de ansiedade ao voar
2- Carregue tablet, revistas ou musicas que você gosta
3- Se você tem alguma técnica de relaxamento como meditação faça, ajuda na fobia para quem tiver
4- Evite comidas pesadas e bebidas alcóolicas elas pesam seu estômago aumentando a sensação de desconforto
5- Concentre-se no presente
6- Se gostar de conversar procure começar um bate papo com a pessoa ao lado. Conversar distrai e ajuda a passar o tempo
7- Caso haja turbulência saiba que os comissários têm experiência e poderão ajudar você em qualquer urgência
8- Se sua ansiedade for alta, peça ao seu médico um comprimido para relaxar
9- Procure fazer terapia específica ao tipo de fobia
10- Curta a viagem e não pense em incidentes e acidentes passados

Fonte: Administradores

Posts relacionados: