depressão infantil Archive

Depressão infantil: conheça os sinais, tratamentos e saiba o que fazer

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Por: Jaqueline Sordi As mudanças de comportamento de crianças e adolescentes podem ser os primeiros sinais de sérios transtornos psicológicos. Conheça os sinais, tratamentos e saiba o que fazer quando a criança é diagnosticada com depressão. (Via Zero Hora)

Sexting e bullying alimentam depressão nos adolescentes

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
A depressão na adolescência não para de aumentar e os psiquiatras apontam o dedo às mensagens de teor sexual e ao bullying  De acordo com dados do Priory Group – a maior Organização, em Inglaterra, de hospitais e clínicas de saúde mental – o “sexting”, partilhar fotografias

Cresce o número de diagnósticos de ansiedade e depressão infantil

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Número de diagnósticos em crianças entre 6 e 12 anos teve elevação, segundo a Organização Mundial da Saúde. Congresso de psiquiatria realizado no Rio será aberto aos pais O número de diagnósticos de depressão e ansiedade em crianças entre 6 e 12 anos passou de 4,5% para