depressão Archive

Um dia na vida de… uma pessoa com ansiedade ou depressão

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
A Superinteressante perguntou para pessoas com doenças mentais quais são as situações mais desagradáveis que elas passam no cotidiano e desenhou para você Por Pâmela Carbonari, Karin Hueck, Helô D’Angelo * Agradecimento à consultoria de Dra. Flávia Arantes Hime, psicoterapeuta e professora da PUC-SP, e Dr. Eduardo de Castro

Luz do sol alivia o sofrimento emocional, revela estudo

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Os problemas de saúde mental tendem a aumentar nas épocas do ano em que há menos horas de luz – e a melhorar quando a claridade dura mais tempo Por Rachel Moss, de The Huffington Post UK Um estudo lançou alguma luz sobre a razão por que

Ansiedade e depressão podem influenciar recuperação de pacientes cardíacos

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
O medo de morrer, de apresentar limitações físicas e de perder a autonomia são alguns dos aspectos emocionais observados durante o acompanhamento psicológico de pacientes antes e depois de uma cirurgia cardíaca. A psicóloga do Programa de Insuficiência Cardíaca e Cirurgia Cardíaca do Hospital do Coração (HCor), em

Nomofobia: uso excessivo de celular pode levar à ansiedade, tremor e até depressão

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Tempo no celular não significa vício, mas é preciso cuidado com as consequências   Ansiedade, perda de contato com pessoas próximas, sentir-se mais feliz na vida virtual que na realidade, se preocupar com as curtidas e compartilhamentos de uma foto, e deixar de aproveitar os momentos da

Estudo relaciona depressão e ansiedade com bactérias do intestino

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Uma equipe de cientistas canadianos afirma que a ansiedade e a depressão podem ter relação com as bactérias que vivem no intestino. O trabalho foi publicado na revista Nature Communications. A pesquisa, feita em ratos, sugere que sintomas de ansiedade e depressão provocados pela exposição ao stress

Professores sofrem de depressão e síndrome do pânico

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
A violência tem sido um obstáculo para a qualidade do ensino no brasil, segundo pesquisas e levantamentos recentes. Além da desvalorização, as agressões têm adoecido os professores. Só no ano passado, pelo menos 20% deles foram afastados, depois de problemas recorrentes e sucessivas licenças médicas. Em média,

Segundo pesquisa, chefes ignoram problemas de estresse, ansiedade ou depressão dos empregados

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Por Rachel Moss (The Huffington Post UK) Você facilmente conversa sobre as dores que tem nas costas com seu chefe, certo? Mas quando foi a última vez que conversou com ele sobre sua saúde mental? Um estudo realizado no Reino Unido mostrou que metade dos funcionários nunca conversou

Cientistas descobrem primeiros genes ligados à depressão

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
A busca por marcas genéticas que expliquem a depressão é realidade em diversos laboratórios pelo mundo, mas até o momento nada havia sido provado. Porém, um estudo realizado na Universidade de Oxford, e divulgado na publicação científica Nature, pode mudar a forma como os médicos encaram a

Sexting e bullying alimentam depressão nos adolescentes

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
A depressão na adolescência não para de aumentar e os psiquiatras apontam o dedo às mensagens de teor sexual e ao bullying  De acordo com dados do Priory Group – a maior Organização, em Inglaterra, de hospitais e clínicas de saúde mental – o “sexting”, partilhar fotografias

Deixe seu filho ficar triste

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Por: DANIEL MARTINS DE BARROS | Estadão Divertida Mente, o melhor filme da Pixar de todos os tempos, mostra o papel fundamental das emoções em nossas vidas. E ensina que não é possível fugir a tristeza – ela pode ser tudo o que precisamos em determinados momentos.

Depressão atinge 400 milhões de pessoas no mundo; médico fala sobre

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
A depressão atinge 7% da população mundial, o que corresponde a cerca de 400 milhões de pessoas. O colunista Carlos Alberto Pastore conversou sobre o assunto com os apresentadores Haisem Abaki e Alessandra Romano. Clique aqui para ouvir o comentário.

Associar a depressão com a tragédia na França é irresponsabilidade

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Ouça o comentário de Luis Fernando Correia para a rádio CBN sobre a tragédia da German Wings e a associação à depressão. A doença tem uma relação muito baixa com atos violentos. (Via CBN)  

Fumantes são mais propensos a terem ansiedade e depressão, diz estudo

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Uma pesquisa realizada com 6.500 pessoas comprovou que os fumantes têm 70% mais chances de desenvolveram casos de ansiedade e depressão. O estudo foi realizado pela University College London e da Britsh Heart Foundation, em março de 2015. As informações são do Minha Vida.  O estudo comprovou

Sentimentos de culpa na infância podem estar ligados a doenças mentais

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
The Huffington Post  |  De Carolyn Gregoire   A culpa excessiva é um sintoma conhecido da depressão adulta, mas um novo estudo indica que tais sentimentos na infância podem prever doenças mentais futuras, incluindo depressão, ansiedade, transtorno obsessivo-compulsivo e transtorno bipolar. A ligação parece centrada na ínsula

Esquecimento e dificuldade de concentração podem ser sinais de depressão

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Depressão não é sinônimo de tristeza Um estudo inédito no Brasil revela como as empresas lidam com a doença  Por: Cristiane Segatto   Acontece nas melhores e nas piores empresas. O colega é motivado, esperto, capaz de agir rápido. Encontra belas soluções para os maiores desafios e

Índice de transtorno de ansiedade e depressão em SP é igual a de país em guerra

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Por Maria Fernanda Ziegler A região metropolitana de São Paulo tem índices de depressão e transtornos de ansiedade semelhantes ao de áreas de guerra como o Líbano e a Síria. Um estudo realizado por pesquisadores da Faculdade de Medicina da USP e que integra uma base de

Ansiedade pode prejudicar o cérebro

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Um novo estudo publicado pelo The American Journal of Geriatric Psychiatry concluiu que a ansiedade pode acarretar danos ao cérebro. Os cientistas descobriram que pessoas com transtorno cognitivo leve têm maior risco de desenvolverem Alzheimer depois de um tempo, mas, se sofrerem com ansiedade, a probabilidade aumenta.

Animação comovente explica a depressão e mostra como se livrar dela

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Depressão não é tristeza boba, nem sempre é fase e muito menos é frescura. A doença atinge cerca de 350 milhões de pessoas em todo o mundo e não tem preconceito: homens, mulheres, crianças, velhos, jovens, ricos e pobres, todos podem ser afetados por ela. Mas fazer