medo Archive

Hipnodontia é alternativa para quem sofre de fobia de dentista

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Técnica que leva o paciente a um relaxamento profundo é indicada para controlar a ansiedade antes e durante procedimento odontológicos A hipnodontia é quando a hipnose é aplicada na odontologia principalmente para controlar a ansiedade do paciente no pré-atendimento clínico ou cirúrgico, assim como para realizar a

Fobia e medo irracional podem ser causados por traumas de infância

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Psicóloga diz que esse mal pode ser desencadeado por situações específicas, como assaltos e violência Fobias incomuns, como a de alimentos e a de letras, costumam ser motivos de riso ou descrédito para a maior parte das pessoas. No entanto, esses problemas causam riscos à saúde, impedindo

A ação cura a fobia. Liberte-se do seu medo!

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Conheça os principais tipos de medo: Medo equilibrante: é positivo porque nos protege diante dos perigos reais e nos alerta para o fato de cuidarmos com carinho do que temos e das pessoas que amamos para não perdermos. Medo destruidor: este tipo arruína nossos interesses, não contribui para

Medo de ser assassinado no Brasil é desproporcional ao risco, avalia psiquiatra

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
O medo de ser assassinado no Brasil é desproporcional ao risco de que isso aconteça de verdade. Alguns tipos de notícias, aliadas aos defeitos de fábrica de nosso cérebro, ajudam a entender porquê. Por DANIEL MARTINS DE BARROS “Você não será assassinado (muito provavelmente)” Você tem medo

‘Tenho fobia de falar’: britânica conta como é viver com mutismo seletivo

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Mulher depende de sua família e de um aplicativo em seu tablet para se comunicar Mutismo seletivo, ou “fobia de falar”, é um tipo de problema de ansiedade associado normalmente à infância e que afeta milhares de crianças. No entanto, adultos também sofrem com esta condição, mas

UEL desenvolve simulador para pessoas com medo de dirigir

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Professora acredita que a obrigatoriedade de aquisição do aparelho nas autoescolas vai facilitar o acesso e tratamento de pacientes   Um simulador de realidade virtual desenvolvido pela empresa londrinense Oniria Software deve contribuir de forma mais efetiva no tratamento de pessoas com fobia de dirigir. Produzido em

Homem tem ataque de pânico e quase desmaia durante programa do SBT

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Rapaz recebeu de presente do ‘Casos de Família’ uma caixa com baratas   O ‘Casos de Família’ é um dos programas mais bizarros do SBT. Na tarde da última sexta-feira, 24, a pauta da atração de Christina Rocha era o medo. Um homem contou que tinha pavor de baratas

Violência em SP assusta 56% das crianças e adolescentes, diz pesquisa

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Pesquisa da Rede Nossa São Paulo identificou opinião dos jovens. Medo de roubo assusta 61% dos entrevistados e 20% têm medo da polícia Por Tatiana Santiago A violência em São Paulo assusta 56% das crianças e adolescentes que vivem na capital paulista. Os dados são da pesquisa IRBEM

Caminhos da Reportagem fala sobre Nomofobia, a fobia de ficar sem celular

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
O Caminhos da Reportagem, da TV Brasil, abordou a “nomofobia”, termo originário do inglês que significa “no-mobile-phobia”, ou seja, a fobia de se ficar sem celular. Pode parecer estranho, mas milhares de pessoas ao redor do mundo já passaram ou passarão por esse problema, que tem a

No Divã do Gikovate: ‘Sempre tive medo de perder meu filho e não quero deixá-lo sair sozinho’

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
No dia 15 de dezembro, o assunto da coluna “No Divã do Gikovate” da rádio CBN foi ‘Sempre tive medo de perder meu filho de 17 anos e não quero deixá-lo sair sozinho’. Ouça o comentário: Ou acesse o site para ouvir o comentário do Dr. Flávio Gikovate na íntegra. Sobre Gikovate

O medo é democrático – As fobias estão em toda a parte, mas podem ser curadas

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Por: Equipe Oasis Imagine cruzar na rua com uma garota esplêndida: salto alto, curvas bem dosadas, lábios sensuais… em resumo, uma gata de parar o trânsito. Mas se você, em vez de se voltar para admirá-la, começa a tremer e a transpirar com suor frio, ao mesmo

Por fobia de varizes, britânica pede para amputar pernas

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Com informações de Daily Mail Muitas mulheres se preocupam em desenvolver as varizes, veias dilatadas e deformadas que atingem três em cada dez adultos. Porém, nem todo mundo chega ao nível de criar fobia pelo problema como a britânica Claire Jones, 39 anos, de Liverpool, que recentemente

Violência e estresse criaram a era do medo e dos transtornos

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Síndrome do pânico, TOCs e ansiedade generalizada são alguns dos dramas da atualidade Por: LITZA MATTOS   A estudante Vanessa Hallak, 25, não se sente segura para sair de casa. Há três anos ela teve que abandonar o emprego e a faculdade após uma crise, e, toda

Com fobia a alimentos, jovem só come miojo há 11 anos

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Georgi Readman, uma adolescente de 18 anos, da Ilha de Wight, Inglaterra, sobrevive apenas comendo macarrão instantâneo barato, porque tem medo de comer outros alimentos. A jovem estudante de cabeleireiro come cerca de 30 quilômetros de macarrão por ano e por causa da ausência de proteínas com

Pessoas com medo de aranha têm área do cérebro menor, diz USP

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
A publicitária Mariana Dechandt, de 28 anos, não esconde o pavor que sempre sentiu por aranhas. Bastava ver um animal da espécie, pequeno que fosse, em cima da mesa de trabalho, entrava em pânico. Suava frio, tremia, ficava sem ar, gritava e chorava sem parar. Perdia o

Pessoas com fobias têm área do cérebro diminuída

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
A região do cérebro chamada cíngulo anterior do córtex apresenta-se com menor volume em pessoas com medo de aranha.  É o que revela exames de última geração, com aparelhos de ressonância magnética e de espectroscopia por ressonância em estudo de pesquisadores da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP)

Terapia especializada é indicada para tratar aerofobia

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Um estudo realizado pela Stanford University School of Medicine mostra que 69% das pessoas com medo de viajar de avião ingerem álcool ou se automedicam antes da viagem para tentar torná-la mais suportável. Mas recorrer a estes artifícios não é o melhor que se tem a fazer.

Psicanalistas avisam que o medo é um sinal que precisa ser estudado

Ana Carolina Gandara

Carolina Gandara tem 24 anos, é brasileira, casada e tem como principal objetivo conhecer o mundo. Trabalhou durante três anos na Rede CNT de televisão como produtora e editora de texto dos programas Noticias & Mais e Leão Lobo Visita. Atualmente exerce a função de diagramadora da Revista Istoé.
Superação. Desafio. Preservação. Lidar com o medo envolve todas essas emoções e vivências, juntas e misturadas. Tem o que impulsiona e o que paralisa. O que faz bem e o que é um problema. O psicanalista e professor de psicologia da UFMG Guilherme Massara Rocha diz que