pesquisa Archive

Na área da psicologia, 61% dos estudos científicos são frágeis

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Via Folha de S. Paulo Um grupo formado por 270 cientistas da área de psicologia se dedicou à tarefa hercúlea de refazer cem experimentos que já haviam sido anteriormente publicados nas melhores revistas da área. A surpresa: menos da metade dos estudos replicadores chegou aos mesmos resultados

Jogar Tetris ajuda a controlar ansiedade e comportamento compulsivo

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Segundo estudo, “terapia” com Tetris foi responsável por diminuir em 70% o desejo dos participantes por comidas, drogas e outras atividades Psicólogos da Plymouth University e Queensland University of Technology, na Australia, chegaram a uma conclusão que talvez você possa usá-la no dia a dia: jogar Tetris

Segundo pesquisa, chefes ignoram problemas de estresse, ansiedade ou depressão dos empregados

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Por Rachel Moss (The Huffington Post UK) Você facilmente conversa sobre as dores que tem nas costas com seu chefe, certo? Mas quando foi a última vez que conversou com ele sobre sua saúde mental? Um estudo realizado no Reino Unido mostrou que metade dos funcionários nunca conversou

Violência em SP assusta 56% das crianças e adolescentes, diz pesquisa

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Pesquisa da Rede Nossa São Paulo identificou opinião dos jovens. Medo de roubo assusta 61% dos entrevistados e 20% têm medo da polícia Por Tatiana Santiago A violência em São Paulo assusta 56% das crianças e adolescentes que vivem na capital paulista. Os dados são da pesquisa IRBEM