transtornos de ansiedade Archive

Jogar Tetris ajuda a controlar ansiedade e comportamento compulsivo

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Segundo estudo, “terapia” com Tetris foi responsável por diminuir em 70% o desejo dos participantes por comidas, drogas e outras atividades Psicólogos da Plymouth University e Queensland University of Technology, na Australia, chegaram a uma conclusão que talvez você possa usá-la no dia a dia: jogar Tetris

Pesquisa sugere que cigarro pode favorecer distúrbios psiquiátricos

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Hipótese é que exposição à nicotina aumenta a liberação de dopamina. Esse neurotransmissor em excesso no corpo pode provocar a esquizofrenia. Conhecido por causar câncer e doenças cardiovasculares, o cigarro também poderia aumentar o risco de transtornos psiquiátricos graves, como a esquizofrenia. As informações fazem parte de um

Fumantes são mais propensos a terem ansiedade e depressão, diz estudo

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Uma pesquisa realizada com 6.500 pessoas comprovou que os fumantes têm 70% mais chances de desenvolveram casos de ansiedade e depressão. O estudo foi realizado pela University College London e da Britsh Heart Foundation, em março de 2015. As informações são do Minha Vida.  O estudo comprovou

Os termos mais buscados no site Fóbicos em 2014

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Desde que o Fóbicos entrou no ar, o objetivo principal era se tornar a principal fonte de informação para pessoas que sofrem com algum tipo de fobia ou transtorno de ansiedade. Em geral, as fobias continuam sendo um tema pouco disseminado entre as pessoas, apesar de acometerem mais

Índice de transtorno de ansiedade e depressão em SP é igual a de país em guerra

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Por Maria Fernanda Ziegler A região metropolitana de São Paulo tem índices de depressão e transtornos de ansiedade semelhantes ao de áreas de guerra como o Líbano e a Síria. Um estudo realizado por pesquisadores da Faculdade de Medicina da USP e que integra uma base de

Violência e estresse criaram a era do medo e dos transtornos

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Síndrome do pânico, TOCs e ansiedade generalizada são alguns dos dramas da atualidade Por: LITZA MATTOS   A estudante Vanessa Hallak, 25, não se sente segura para sair de casa. Há três anos ela teve que abandonar o emprego e a faculdade após uma crise, e, toda

Ansiedade pode prejudicar o cérebro

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Um novo estudo publicado pelo The American Journal of Geriatric Psychiatry concluiu que a ansiedade pode acarretar danos ao cérebro. Os cientistas descobriram que pessoas com transtorno cognitivo leve têm maior risco de desenvolverem Alzheimer depois de um tempo, mas, se sofrerem com ansiedade, a probabilidade aumenta.

Preocupação em excesso pode provocar ansiedade no ser humano

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Preocupações, tensões ou medos em excesso podem causar ansiedade no ser humano. Dependendo das circunstâncias ou intensidade, a ansiedade pode se tornar um fenômeno patológico, isto é, prejudicial ao nosso funcionamento psíquico (mental) e somático (corporal). A ansiedade, normalmente, estimula o indivíduo a entrar em ação, porém,

Sinais de um transtorno chamado ansiedade

Ana Carolina Gandara

Carolina Gandara tem 24 anos, é brasileira, casada e tem como principal objetivo conhecer o mundo. Trabalhou durante três anos na Rede CNT de televisão como produtora e editora de texto dos programas Noticias & Mais e Leão Lobo Visita. Atualmente exerce a função de diagramadora da Revista Istoé.
Considerado um dos problemas que mais cresce no País, distúrbio deixa de ser uma resposta natural do corpo e passa a prejudicar a vida de milhões de brasileiros Por NATANY BORGES     Foi com problemas na rotina de trabalho que Carmem Soares*, de 48 anos, teve os

No Brasil, 12% da população é ansiosa

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
Você se considera uma pessoa ansiosa em tudo? Vive em permanente estado de ansiedade? No Brasil, aproximadamente 12% da população é ansiosa, segundo dados do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, o que representa um universo de

Trabalhadores com transtornos de ansiedade têm direito a auxílio-doença

Ana Carolina Gandara

Carolina Gandara tem 24 anos, é brasileira, casada e tem como principal objetivo conhecer o mundo. Trabalhou durante três anos na Rede CNT de televisão como produtora e editora de texto dos programas Noticias & Mais e Leão Lobo Visita. Atualmente exerce a função de diagramadora da Revista Istoé.
Pressões pelo cumprimento de prazos curtos, assédio moral, não reconhecimento do trabalho. Esses são alguns dos comportamentos de empresas que podem levar profissionais a desenvolver os transtornos de ansiedade. Para se recuperar, muitos trabalhadores precisam deixar o cargo e, enquanto houver a necessidade de estar fora, têm

No Brasil, 12% da população sofre com transtornos de ansiedade

marinaknobl

Aos 23 anos, Marina já passou pelas redações Globo Rural e GALILEU e também pela Comunicação Corporativa da Editora Globo durante o Programa de estágio. Atualmente é assistente editorial da GloboPress. Apaixonada por tecnologia, psicologia e temas curiosos como a Fobia, pretende atuar na área de jornalismo científico, escrevendo sobre saúde e bem-estar.
  Excesso de informação, acúmulo de tarefas e rotina agitada. Praticamente, todas as pessoas estão sujeitas a essas circunstâncias. O problema é quando estes fatores tomam uma proporção exagerada, contribuindo para o desenvolvimento da ansiedade. “Ansiedade é um estado emocional com a qualidade do medo, desagradável, dirigido