Colchão e travesseiro podem ter relação com uma noite mal dormida.

4333471_x360

Depois de uma noite de sono como você acorda? Com preguiça, dor nas costas, no pescoço, na lombar? O Bem Estar desta segunda-feira (20) mostrou que você pode estar dormindo com o travesseiro errado ou o colchão pode não ser o ideal. Até a posição pode interferir no sono e na coluna.

A fisioterapeuta e educadora física Flávia Gomes Martinez e o ortopedista Alexandre Fogaça deram dicas para ter uma noite de sono tranquila e sem dor.

Na hora de dormir preste atenção na sua coluna. O colchão deve ser firme para sustentar a coluna. Já na hora de escolher o colchão, preste atenção na densidade, de acordo com seu peso e altura. Se ela não estiver correta, podem surgir problemas na coluna, explica o ortopedista.

E quando devemos trocar o colchão? “Em média o colchão dura de cinco a dez anos. Você precisa seguir a orientação do fabricante e ficar de olho se ele mantém as propriedades. Quando o colchão começar a ficar deformado ele deve ser trocado”, orienta Alexandre Fogaça.

4333415_x360

O travesseiro também deve manter a coluna reta. O travesseiro de bebê pode ajudar a dar a altura correta para o pescoço. De acordo com a fisioterapeuta, na hora de dormir as melhores posições são: de lado ou de barriga para cima. Nunca de barriga para baixo.

Além do colchão e o travesseiro, a postura errada também pode causar dores nas coluna. Exercícios simples de alongamento ajudam a fortalecer a coluna.

Veja como escolher o colchão certo para você. A tabela foi elaborada pela Associação Brasileira das Indústrias de Colchão, Abicol:

(Fonte: Associação Brasileira das Indústrias de Colchão - Abicol)
(Fonte: Associação Brasileira das Indústrias de Colchão – Abicol)

 

(Via Bem Estar)

Posts relacionados: